qualidade de vida no trabalho

5 FATOS SOBRE SUA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO QUE PODEM FAZER COM QUE VOCÊ SEJA DEMITIDO

Google, Facebook, Twitter, Youtube, Zappos, Redbull.

Todas essas empresas têm, pelo menos, uma coisa em comum: elas se destacam pela qualidade de vida no trabalho que os seus empregados possuem.

Entretanto, atualmente não é raro encontrarmos pessoas totalmente insatisfeitas e frustradas com as empresas onde trabalham.

Não é o caso das pessoas que trabalham nas empresas citadas acima, onde, como você poderá observar nas imagens a seguir, os empregados são tratados do mesmo jeito que uma criança é cuidada pela sua mãe – com brinquedos e tudo! -.

É por isso que qualidade de vida no trabalhoiniciativas empreendedoras se popularizam cada vez mais no mundo e no Brasil, já que a ideia de ser responsável pela própria vida profissional costuma nos dar a sensação de controle e de liberdade, porém isso nem sempre corresponde com a realidade.

Podemos estar desconfortáveisqualidade de vida no trabalho tanto cuidando do nosso próprio negócio, quanto gerenciando a franquia de uma grande multinacional.

O que determina a nossa qualidade de vida no trabalho são fatores que nos dias de hoje vem sendoqualidade de vida no trabalho esquecidos em prol de uma produtividade maior, que a curto prazo representam a sobrevivência de uma empresa no mercado, mas que a longo prazo pode significar a sua ruína.

É importante que qualidade de vida no trabalhoempresários e funcionários percebam a importância de se cuidar devidamente do capital humano de um negócio, seja ele micro ou grande.

Ao contrário de um equipamento ou até de um cliente perdido, uma pessoa que se encaixe perfeitamente naquela qualidade de vida no trabalhoorganização e ajude-a a alcançar o sucesso desejado, jamais será tão facilmente substituída quanto um computador, por exemplo.

Por isso, que tal conhecer a seguir os 5 itens que
provavelmente mais denigrem a sua qualidade
dequalidade de vida no trabalho vida no trabalho
?

Não conhecê-los pode fazer você com que você seja demitido com o tempo, devido à baixa produtividade que eles provocam.

Afinal, se você tiver noção do que tem te deixado infeliz no ambiente laboral, seja ele qual for, será muito mais fácil solucionar a situação e ser um trabalhador melhor, além de uma pessoa muito mais realizada.

Vamos lá?

#1. A SENSAÇÃO DE NÃO SER RECONHECIDO


qualidade de vida no trabalho

Talvez esse título te leve a pensar que esse tópico tratará da inconformidade do trabalhador com relação ao salário recebido, em comparação com os resultados que consegue alcançar.

Bom, a remuneração que se ganha é um dos meios que existem dentro de uma empresa para valorizar seus funcionários, mas a verdade é que isso é só uma parte de um problema muito maior que temos na nossa cultura, tanto social quanto laboral.

A questão principal é que nas empresas é raro vermos um superior elogiar o seu subordinado por algo positivo que conquistou, ou ainda receber prêmios por essas conquistas, sejam elas grandes ou pequenas.

Isso ai é uma pena, porque fragiliza o nosso senso de justiça diante dos nossos próprios esforços, e pode levar a uma constante desmotivação no trabalho.

Afinal, se estamos nos dedicando para apoiar a empresa, não seria justo que ela nos valorizasse de volta, além de pagar o devido salário, como fazem, por exemplo, empresas como o Google ou o Facebook?

Se situações como esta estão diminuindo a sua qualidade de vida no trabalho vale a pena conversar abertamente com seus chefes a respeito, para ver se eles podem adicionar outro tipo de incentivos aos empregados.

Muitos têm uma visão restrita da participação de seus funcionários nos negócios e o diálogo ajuda nessa troca de experiências e crescimento mútuo, que só favorecerá aos envolvidos.

#2. A PERCEPÇÃO DE QUE NÃO SE PODE CRESCER ONDE SE ESTÁ


qualidade de vida no trabalho

A qualidade de vida no trabalho está diretamente e indiscutivelmente ligada à (im)possibilidade de evolução que se apresenta.

É muito difícil se manter motivado na busca por resultados melhores se a empresa onde se está não demonstra interesse em promover os empregados.

Sentir-se valorado e reconhecido é um dos requisitos fundamentais para que uma pessoa chegue à autorealização.

Se você se vê atualmente nessa posição saiba que sua angústia é mais do que justificada e cabida, e que se forçar a permanecer nessa situação não é a solução adequada para esse problema.

Se isso está te incomodando, é válido marcar uma reunião com seus superiores e tentar conversar a respeito da possibilidade de promoção.

Quer saber? Escolha bem o momento certo para fazer isso, e leve em conta duas coisas:

  1. Quando é que os seus superiores têm maior probabilidade de estar de bom humor? Segunda-feira ou sexta-feira? De manhã ou de tarde?

    Nem todos os momentos são igualmente adequados para conversar com as pessoas. Seja seu chefe, o vizinho ou o seu companheiro(a), você precisa conhecer “o quando”, o momento certo.

  2. Depois de saber disso exponha os motivos pelos quais você acredita que merece ser promovido e, de maneira mais sutil, fale da sua insatisfação com a situação atual.

    Há a chance deles se mostrarem totalmente contrários a esse seu desejo, e se isso acontecer, talvez seja necessário começar a considerar a sua mudança de emprego, para manter o seu bem-estar em alta, e também a sua saúde.

VOCÊ ESTÁ GOSTANDO DESSE ARTIGO?

Coloque seu email abaixo para receber gratuitamente conteúdo atualizado, além do ebook: "Compreenda-Se, O Guia Rápido Para o Auto-Conhecimento"

#3. A INCONFORMIDADE COM O QUE SE FAZ


qualidade de vida no trabalho

Os trabalhadores em geral costumam estar em seu ambiente laboral, ou executando serviços relacionados ao seu ofício por pelo menos 8 horas por dia.

A maioria gasta pelo menos mais 2 horas se preparando para estar no trabalho – eu sei que você sabe bem disso, e mais ainda se mora e trabalha em São Paulo. Aqueles lá são os señores engarrafamentos! -.

É muito grande o tempo que se aplica a essa atividade, e manter a qualidade de vida no trabalho nesse caso é sinônimo de estar satisfeito com o que se tem que fazer.

Se você detesta o seu trabalho é bem provável que você se sinta deprimido, estressado e ansioso a maior parte do tempo.

Nem todos podemos escolher a atividade que vai pagar as nossas contas, é verdade, mas será que não cabe a reflexão à respeito e talvez uma mudança de rumos e de vida?

Confira: 4 Razões De Peso Para Você Mudar De Vida Antes De Que Seja Tarde.

#4. O PÉSSIMO AMBIENTE LABORAL AO QUAL SE ESTÁ EXPOSTO


qualidade de vida no trabalho

Tanto psicologicamente quanto fisicamente, o ambiente de trabalho pode ser bastante opressor se os superiores não tomarem as devidas providências para dar aos seus funcionários o conforto e a tranquilidade, necessários para que se trabalhe mais e melhor de forma contínua.

O ambiente de trabalho dever ser adequado, sem distrações, limpo e com uma temperatura adequada.

Vou mostrar esse artigo para os meus colegas! Eles deixam o ar condicionado no modo pinguim!

Além disso, em muitos desses lugares as relações humanas cultivadas são péssimas, tornando o fato de se estar ali no mínimo um 1/3 das 24 horas diárias uma situação ainda mais incômoda.

É claro que o ambiente laboral não pode ser sempre um lugar de leveza e descontração, mas para que a qualidade de vida no trabalho seja mantida é muito importante que as pessoas que ali precisam conviver se respeitem, se tolerem e se aceitem.

O desconforto físico e mental também é prejudicial não só ao empregado, mas também à empresa a longo prazo.

Caso você esteja nesse tipo de situação vale a pena buscar por diálogo direto e sincero, tanto com os colegas, quanto com os superiores!

#5. A CERTEZA DE QUE A SUA PARTICIPAÇÃO NÃO É BEM-VINDA


qualidade de vida no trabalho

Ter a liberdade e a responsabilidade de tomar decisões e fazer escolhas no trabalho é uma etapa importante da nossa formação enquanto seres humanos.

Se estamos em ambientes laborais exageradamente conservadores e centralizadores perdemos muito da nossa autonomia e aos poucos vamos perdendo também a nossa qualidade de vida no trabalho.

É mais um caso para se conversar com os chefes, que muitas vezes agem dessa forma por não conhecerem outras maneiras de administrar os seus negócios.

Demonstrar que eles podem confiar em você e que delegar pode melhorar a produção é parte imprescindível e importantíssima desse discurso!

Os melhores líderes sabem delegar responsabilidades aos seus funcionários.

Se você é um líder, está na hora de tentar dar essa oportunidade aos seus empregados.

Descubra: O que Steve Jobs Pode Nos Ensinar sobre Liderança?

CONCLUSÃO: QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO


qualidade de vida no trabalho

Existem muitos fatores que podem afetar negativamente a sua qualidade de vida no trabalho, e consequentemente, a sua saúde, o que tornará mais difícil que você alcance um ótimo patamar de bem-estar.

Esses mesmos fatores farão com que a sua motivação fique no chão, e perder a motivação no trabalho vai ser ruim para você e para sua empresa.

Minha intenção com esse texto é fazer que você, trabalhador ou patrão, tome as providências necessárias para remediar essa situação.

SÓ você tem o poder de mudar a sua vida, e assim melhorar a vida dos outros.

Atue. Aja. Faça.

Uma última coisa: a sua qualidade de vida no trabalho depende tanto das circunstâncias externas, que você acabou de ler aqui, quanto de fatores internos, que ficam dentro de você – autoestima, estado de ânimo, pensamentos, percepções, emoções… -.

Antes de tomar qualquer providência a respeito, se faça a seguinte pergunta:

– Será que o problema está dentro de mim e não fora?

Comece a mudança tanto se você obtiver uma resposta negativa quanto se for positiva.

Você acha que tem algum fator no seu trabalho que diminui a sua qualidade de vida? Como você poderia tentar solucioná-lo?

Compartilhe sua opinião comigo!

É possível que outros leitores tenham problemas semelhantes e a sua solução pode servir de solução aos outros!

Se não consegue pensar numa solução razoável, eu vou tentar te ajudar com isso!

Forte abraço,
Agustin D. Parrondo


JUNTE-SE A MILHARES DE LEITORES INTELIGENTES E RECEBA ATUALIZAÇÕES, ARTIGOS E DICAS IMPERDÍVEIS PARA TURBINAR O SEU CRESCIMENTO (é grátis)!

Além disso, você poderá baixar o eBook de Incentivo de Vida, completamente GRÁTIS. Coloque seu email abaixo para receber. Compreenda-se!


qualidade de vida no trabalho
Agustin D. Parrondo

Agustin D. Parrondo

Fundador de Incentivo de Vida e psicólogo. O seu principal objetivo é ajudar pessoas para elas poderem disfrutar de uma vida repleta de saúde e sucessos.
Agustin D. Parrondo

Últimos posts por Agustin D. Parrondo (exibir todos)